Posted by : Allyson souza santos sábado, 6 de abril de 2013


O funkeiro Wallace Santos Ramos, conhecido como MC Bola, que ficou conhecido em todo o Brasil com a música “Ela é Top”, revelou em uma entrevista durante essa semana que é evangélico, e que em seu dia a dia escuta principalmente música gospel. Entre seus cantores preferidos, o funkeiro destacou artistas como Aline Barros e Thalles Roberto.
Em uma entrevista ao G1, MC Bola explicou que em suas músicas não exalta a sexualidade nem incentiva o consumo de bebidas alcoólicas. Por ser evangélico, ele diz que quer fazer um som saudável e para toda a família.
- Eu sou evangélico e de uns tempos para cá tenho pegado firme. Então eu quero fazer uma música que desde uma criança de dois anos até uma pessoa mais velha possa ouvir, possa cantar. Que em um almoço na sua casa você possa ouvir uma música sem ter que abaixar quando começa um funk – disse o cantor.
Ele falou também da música “Ela é Top”, sucesso que o levou ao estrelato e também faz parte da trila sonora da novela “Salve Jorge”. Além de comentar a popularidade do Facebook como motivador do sucesso da música, ele afirma que a letra foi inspirada por Deus.
-A mulherada em si, seja novinha, seja criança, mais experiente, sempre gostou de tirar foto no espelho. Ou aquela que não tira no espelho, pelo menos no Facebook ela posta. Então comecei a prestar atenção nisso ai. Deus me deu a inspiração dessa letra e deu no que deu. O momento muito forte do Facebook ajudou – explicou.
Tendo começado sua trajetória musical no samba, MC Bola falou de sua influência musical, vinda de artistas como Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho e Alcione. Porém, ele ressaltou que atualmente tem ouvido, sobretudo, música gospel.
- Estou ouvindo um CD de música gospel, da Aline Barros. (…) Sou um cara eclético, mas agora escuto mais música gospel, coisas do tipo Thalles Roberto. É muito bom e eu indico – explicou.
O cantor disse ainda que, apesar de cantar na noite, se mantém afastado de vícios e outros hábitos típicos desse meio. Ele comentou também que pode, um dia, seguir carreira na música gospel, afirmando que muitas pessoas já disseram que ele iria “cantar para Deus”.
- Já me falaram muito que logo eu vou cantar para Deus. A minha profissão é na noite. Eu sei que na noite tem muita coisa errada. Mas eu não tenho vício nenhum. Não tenho problemas com drogas ou com bebida. – relatou.
- Eu pretendo cair para outras áreas, principalmente pagode que eu curto bastante, mas não costumo fazer planos. É bom trabalhar e entregar nas mãos de Deus – finalizou, ao falar das possibilidades de trabalhar com música gospel.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Publicidade

Popular Post

Mural de Recados

Categorias

Total de visualizações

Seguidores

- Copyright © MONTE DE DEUS -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -